Quando se trata de drogas para melhorar o desempenho, há muitas razões pelas quais algumas delas são proibidas. A exemplo dos suplementos importados que são reprovados pela ANVISA.

Uma das principais razões são os sérios riscos à saúde que representam, um aviso que muitas pessoas infelizmente preferem ignorar.

No Brasil a agência reguladora faz questão de checar os níveis de substância que cada produto possui, checando se eles estão de acordo com a legislação vigente no país.

Como muitos não se enquadram, acabam sendo proibidos. Sem contar que suplementos de fisiculturismo ilegais, muitas vezes, dão uma vantagem injusta para alguns atletas.

Uso de esteróides ilegais.

Embora alguns esteróides anabolizantes sejam permitidos, algumas marcas estão entre os suplementos importados ilegais mais usados ​​entre fisiculturistas e atletas.

A maioria dos usuários são pessoas comuns que estão buscando construir seu físico, e eles estão dispostos a arriscar nos efeitos colaterais com a esperança de alcançar o sucesso.

A maioria desses suplementos contêm testosterona, especificamente tipos sintéticos, e embora eles sejam legalizados, existem limites de substâncias que podem ter em suas composições.

Aqui estão alguns dos riscos envolvidos em tomar suplementos de musculação ilegais:

1.   Anormalidades do fígado.

2.   Acne e outras condições de pele.

3.   Calvície prematura.

4.   Aumento do colesterol ruim.

5.   Infertilidade.

6.   Testículos encolhidos.

7.   Distúrbios psiquiátricos.

8.   Hipertensão e outras condições cardíacas.

Pirataria dos suplementos.

A pirataria de produtos importados é algo que força a ANVISA a proibir certas substâncias. Como é o caso de alguns suplementos com hormônio do crescimento humano (HGH), também é conhecido como gonadotrofina.

O HGH foi promovido como sendo um atalho muito eficaz para pessoas que querem construir músculos, perder peso e recuperar-se rapidamente após um treino intenso.

Ele é usado legalmente para uma variedade de distúrbios de crescimento e até mesmo para retardar o processo de envelhecimento. Mas muitas empresas não confiáveis afirmam fornecer produtos HGH “legais”, quando na verdade são falsificados.

Esses produtos geralmente contêm tão poucas dessas proteínas que não são tão eficazes quanto alegam. Tomar HGH  da forma errada não é tão perigoso para a sua saúde como os esteróides ilegais, mas ainda representa vários riscos para a saúde.

Alguns deles incluem:

1.   Doença cardíaca

2.   Níveis elevados de colesterol no sangue

3.   Fraqueza muscular

4.   Dor nas articulações

5.   Síndrome do túnel carpal

Problemas com as informações do rótulo.

Suplementos importados são complicados, porque na maioria das vezes seus rótulos são confusos. Eles podem conter substâncias que não são permitidas no Brasil e que não vêm descritas na rotulação.

Existem listas e mais listas do que permitido pela ANVISA e os procedimentos que são tomados contra estes tipos de produtos, que não tem aprovação no Brasil.

Muitos suplementos contêm ingredientes ativos que podem ter efeitos fortes no corpo. Esteja sempre atento à possibilidade de efeitos colaterais inesperados, especialmente ao tomar um novo produto.

Suplementos são mais propensos a causar efeitos colaterais ou danos quando as pessoas os tomam em vez de medicamentos prescritos, ou quando as pessoas tomam muitos produtos em conjunto.

Por isso a agência reguladora brasileira é tão rígida quanto as informações e composições desses itens. Suplementos dietéticos também podem interagir com certos medicamentos prescritos de maneiras que podem causar problemas.

Além disso, tenha em mente que alguns ingredientes encontrados em suplementos dietéticos são adicionados a um número crescente de alimentos, incluindo cereais matinais e bebidas.

Como resultado, você pode estar obtendo mais desses ingredientes do que pensa, e mais pode não ser melhor. Tomar mais do que você precisa é sempre mais caro e também pode aumentar o risco de sofrer efeitos colaterais.

Por exemplo, consumir muita vitamina A pode causar dores de cabeça e danos ao fígado, reduzir a resistência óssea e causar defeitos congênitos. O excesso de ferro causa náuseas e vômitos e pode danificar o fígado e outros órgãos.

Seja cauteloso em tomar suplementos dietéticos se estiver grávida ou amamentando. Além disso, tenha cuidado ao dar a eles (além de um produto multivitamínico / mineral básico) a uma criança.

A maioria dos suplementos alimentares não tem sido bem testada quanto à segurança em mulheres grávidas, lactantes ou crianças.

Porque a ANVISA proíbe os suplementos importados

Suplementos que dão resultados não são liberados.

Ganhar 10 kg de músculo em apenas um mês parece impossível, não é mesmo? Por essa razão muita gente acaba buscando os suplementos importados e que dão resultados.

Mas acredite, isso pode ser feito e sem a ajuda de anabolizantes. Mas se há uma coisa de que precisa essa meta ousada, é de uma estratégia ambiciosa de treinamento e nutrição.

Você pode descobrir tudo o que quiser, mas, se não ingerir calorias e macronutrientes adequados, não conseguirá desenvolver músculos.

O que e quando você come é fundamental para seus resultados, e você encontrará tudo o que precisa saber sobre como ganhar massa consultando um especialista.

Suplementos dietéticos parecem ser o caminho óbvio para preencher lacunas na sua dieta. Mas tomar muito pode realmente prejudicá-lo. Por exemplo, você pode obter muito de um nutriente específico sem perceber. Suplementos extras de vitamina A podem levar a níveis perigosos e tóxicos se usados ​​com muita freqüência.

O recomendado é que tente melhorar sua dieta antes de usar suplementos. Isso porque os nutrientes são mais potentes quando vêm da comida.

Além disso, a comida tem um gosto melhor e é frequentemente mais barata do que suplementos importados. Trabalhe com um nutricionista e tente ter uma noção do que está faltando em sua dieta e quais mudanças podem ser consideradas

Se você é incapaz de fazer mudanças na dieta, ou se você tem uma deficiência genuína em um determinado nutriente, como a vitamina D, ambos os médicos dizem que um suplemento pode ser útil.

Apenas tenha cuidado, pois a fabricação de suplementos é monitorada pelo governo da mesma forma que a fabricação de produtos farmacêuticos – portanto, você pode não ter acesso a muitos suplementos importados.

Invista na sua saúde e respeite as regras da ANVISA.

O alimento fresco que você come é carregado com nutrientes necessários para uma boa saúde, como magnésio, cálcio e vitaminas A e C. Mas muitos adultos mais velhos não estão recebendo nutrientes suficientes de suas dietas.

O recomendado é apenas ter cuidado com os suplementos importado que ingere e se eles são permitidos no Brasil.