Já faz alguns anos que a Pasta de Amendoim integral caiu no gosto dos marombeiros. Quando a moda começou, confesso que pensei não ir muito longe, pois, apesar de saber os benefícios do amendoim, ele possui uma densidade calórica muito alta e o típico consumidor da indústria fit nacional sempre foi meio avesso a alimentos assim.

Esse público costuma se preocupar demais com as calorias totais do alimento em detrimento da qualidade nutricional. Felizmente, minhas previsões estavam erradas e agora podemos contar com diversas marcas fabricando e aproveitando os benefícios do amendoim.

Há facilidade de encontrá-lo não só nas lojas de suplementos alimentares, como em redes de supermercados e até mesmo mercados de pequeno porte e mercearias de bairro. Melhor ainda: com a alta demanda, o preço baixou e ainda temos versões gourmetizadas interessantíssimas para fazer a alegria na dieta!

Pasta de Amendoim

Conheça abaixo os benefícios do amendoim e o consumo da pasta de amendoim, os cuidados na hora de inseri-la em seu programa alimentar, no que ficar atento quando for desembolsar seus reais suados para adquiri-la e se delicie!

 

Quais são os Benefícios do Amendoim

A pasta de amendoim integral, quando adquirida de um fabricante sério, é apenas fruto do processamento do amendoim em grãos natural, torrado e sem pele. A alta temperatura do maquinário faz com que ele solte seu óleo característico e o triturador dá conta de transformar tudo em uma pasta, de sabor bastante acentuado e saboroso.

Roupas de academia

As propriedades do amendoim não são perdidas no processo, o que torna o alimento muito rico em micronutrientes como cobre, magnésio, manganês, cálcio, zinco, ferro, selênio, vitaminas E, B3, B6, B5 e folato. Para o praticante de musculação, estas vitaminas e minerais são essenciais no processo de hipertrofia muscular, pois são antioxidantes e evitam o catabolismo (vitamina E), preservam as funções hormonais e participam ativamente do metabolismo dos macronutrientes (vitaminas do complexo B), agem no processo de contração do músculo (cálcio), ajudam a gerar a energia que você usa durante o treino (ferro), entre outros inúmeros benefícios que, para esgotar o assunto, eu deveria escrever um artigo em separado para cada micronutriente.

Além disso, ao considerarmos a tabela de macronutrientes, vemos que ele é um alimento rico em fibras e na nossa tão amada proteína, construtora do tecido muscular.

A cada 100g do produto, temos, em média, 9g de fibras para garantir um bom funcionamento da microbiota intestinal (aguardem artigo sobre isso em breve!) e 26g de proteínas de bom valor biológico (fator 58), considerando ser uma fonte vegetal.

Seu excelente custo x benefício e, logicamente, não ser a única ou principal fonte proteica na dieta da maioria dos marombeiros faz com que a pasta de amendoim seja uma escolha de consumo muito melhor do que um requeijão comum, por exemplo, na hora de molhar as suas panquecas de ovos ou crepiocas – afinal, você quase nunca come pão, certo?! =D

 

Qual a quantidade consumir?

A quantidade de consumo diário deve variar de indivíduo para indivíduo, considerando o estado fisiológico do praticante (peso, percentual de gordura, gasto calórico basal, etc.) e a periodização do treinamento (on ou off season, volume, intensidade, presença ou não de aeróbios, etc.).

Para tal, o nutricionista responsável deve estar atento a todos esses detalhes e é importante que, durante a consulta, você não deixe de mencionar os principais aspectos do seu treino e objetivos finais.

No geral, considere que, apesar dos benefícios, a quantidade de calorias do alimento é alta e, para manter um equilíbrio alimentar, deve-se usar o bom senso. Não é porque é saudável que pode sair comendo à vontade!

Cada 15g de Pasta de Amendoim possui, em média, 90 Kcal, sendo que, embora a tabela nutricional da maioria dos rótulos informe que a medida equivale a uma colher de sopa, na prática, não é bem assim.

Só se for uma colher muito rasa, porque, ao pesar o alimento em uma balança caseira, fica claro que é uma porção bem pequena do produto – dá até tristeza! rsrs

Tome cuidado!

Por fim, quando for comprar o produto, preste muita atenção em alguns detalhes. Certifique-se de que a pasta de amendoim é integral, sem adição de óleo vegetal, açúcar, sal ou qualquer outro tipo de ingrediente que possa alterar sua composição nutricional para pior.

Cuidado, principalmente, com os produtos importados de origem americana, pois costumam ter adição de vários componentes químicos e muito açúcar. Leia sempre a tabela nutricional e a lista de ingredientes, a fim de confirmar se a descrição de ambas atesta a pureza do alimento.

Existem alternativas gourmet no mercado nacional e algumas são muito interessantes, pois não prejudicam a qualidade nutricional da pasta e ainda nos dão opções de sabores diferentes e divertidos para deixar a dieta menos monótona de se cumprir.

Neste caso, a dica permanece: fique de olho na tabela e lista de ingredientes. Escolha as misturas que privilegiam alimentos naturais, como cacau, mel ou castanhas.

Verifique também se não há apenas adição de aromatizantes e maltodextrina. No caso das misturas com proteína, não se esqueça de conferir a origem da mesma e fazer uma conta rápida para ver se o seu aumento na tabela nutricional é proporcional ao incremento de preço do produto.

Caso contrário, deixe para adicionar sua proteína em casa, pois pode sair mais em conta e você terá a certeza da quantidade e qualidade do que foi adicionado.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK COMO GANHAR MÚSCULOS – METABOLIC DIET

Ebook_Metabolic_Diet


REFERÊNCIAS:
CAMPOS, F.A. – Considerações Em Torno Do Valor Biológico De Alguns Alimentos Simples E Associados – Revista de Medicina, Dez., 1945