Umas das perguntas que mais vejo em fóruns sobre musculação e que menos tem respostas concretas, talvez até por ser um assunto que acaba se tornando alvo de brincadeiras e perdendo o foco científico é a famosa: “Masturbação cataboliza?”.

Na verdade quando vejo alguém fazendo essa pergunta isso soa mais ou menos como: “Se eu tomar anabolizantes posso ter espinhas?”. A resposta mais justa seria: Você pode ter espinhas mas esse é o menor de todos os problemas.

Digo isso porque a maioria das pessoas que tem essa dúvida sobre masturbação e catabolismo normalmente não fazem ideia do principal agravante do excesso ejaculação durante a vida.

Cada vez mais a ciência tem provado que a produção de esperma encurta a vida dos machos, como foi demonstrado pelo doutor Wayne Von Voorhies da Universidade do Arizona em sua pesquisa com nematódeos, também conhecidos como “lombrigas”.

catabolizar masturbação regatas

Em sua pesquisa que teve os resultados publicados em uma matéria do New York Times, as lombrigas que evitaram a cópula viveram uma média de 11,1 dias e as que copularam normalmente tiveram uma vida média de 8,1 dias, vivendo 37% a menos do que o grupo.
Como os genes e os processos biomecânicos usados pelos nematódeos são os mesmos de humanos e outros mamíferos, essa grande diferença de expectativa de vida entre os grupos chamou a atenção dos cientistas que trabalham com a hipótese da diferença ser grande também na espécie humana.

A conclusão do próprio New York Times foi que: “A produção incessante de espermatozoides cobra um preço no macho, talvez exigindo o uso de enzimas e processos biomecânicos complexos que têm efeitos metabólicos danosos (…) A diferença na expectativa de vida entre homens e mulheres (As mulheres vivem em média, seis anos a mais) pode estar relacionada à produção de espermatozoides.

Mas, voltando à pergunta que estávamos tentando responder, masturbação cataboliza ou não? Ou melhor ainda; a ejaculação diminui os níveis de testosterona do corpo?

Muitos estudos também foram feitos para responder essa questão e as fontes confiáveis que consultei acabam concordando que o problema é o excesso.

espermatozoide ejaculação catabolizar

Ejacular de vez em quando não afeta significativamente os níveis hormonais e nem a performance de atletas mas o excesso afeta a produção de cortisol (hormônio relacionado ao stress), afetando assim de forma indireta a produção de testosterona.

Respondendo da forma mais justa a essa famosa pergunta…

Masturbação cataboliza?

O excesso de masturbação cataboliza sim, mas esse é o menor dos problemas. Na verdade a cada ejaculação você não está apenas aumentando sua produção de cortisol, afetando assim os níveis de testosterona. Você também está se matando aos poucos e isso é uma coisa que, infelizmente, a ciência tem provado nos últimos anos.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK COMO GANHAR MÚSCULOS – METABOLIC DIET

Ebook_Metabolic_Diet