Durateston ou o chamado de “Dura” é um dos anabolizantes mais conhecidos entre os praticantes de musculação. Ele e composto por quatro ésteres diferentes de testosterona, o Durateston é indicado,
normalmente, para reposição hormonal em pacientes do sexo masculino e que estejam com alguns tipos de distúrbio que necessite de tal reposição como hipogonadismo e osteoporose masculina são exemplos de distúrbios hormonais que necessitam de tratamento de reposição hormonal.

Durateston

Um anabolizante super androgênico que pode causar efeitos colaterais a curto e longo prazo.

Os desenvolvedores desse medicamento combinaram quatro tipos de testosterona no intuito de obter uma ação imediata logo após a aplicação, além de manter a ação por mais tempo, assim podendo ser
aplicada com uma menor frequência.

durateston efeitos

Ação no corpo

Sabendo que são 4 tipos diferentes de testosterona vou citar a sua ação separadamente:

Propianato e o fenilpropianato possuem uma ação imediata porem por pouco tempo.
Isocaproato e o decanoato ação mais lente, porem dura mais tempo no organismo.

Propianato – meia vida 2 ª 3 dias
Fenilpropianato – meia vida 3 dias
Isocaproato – meia vida 4 dias
Decanoato – meia vida 7 dias

Ao injetar a testosterona no organismo o musculo recebe a informação para aumentar a quantidade de actina e miosina (proteínas responsáveis pelo crescimento muscular).

Além de aumentar às quantidades de actina e miosina a testosterona também evita o catabolismo, A a testosterona também e capaz de aumentar o numero de celular vermelhas nos rins e também no sangue
isso faz o sangue ficar mais oxigenado e aumentar o sistema imunológico.

Efeitos colaterais

Porem como todos sabemos os esteroides tem efeitos colaterais, e agora vamos falar um pouco sobre eles.

Já que o durateston tem 4 tipos diferentes de testosterona, ele também apresenta todos os efeitos colaterais destes 4 ésteres.

Exemplos:

 

Acne
Ginecomastia
Atrofia testicular
Diminuição da libido
Hipertensão
Retenção de liquido
Queda de cabelo

Em usuários do sexo feminino, exemplos:

Queda de cabelo
Engrossamento da voz
Ciclo menstrual desregulado
Infertilidade
Crescimento de pelos em excesso

Por ser um dos anabolizantes mais famosos o durateston também e um dos mais falsificados.

O uso deste medicamento falsificado e muito comum por praticantes de musculação que procuram bons resultados
com um custo baixo, muitas pessoas acabam usando este medicamento falsificado, assim podendo ter mais efeitos adversos que os citados acima.durateston efeitos colaterais

O que é Durateston?

O Durateston é um medicamento desenvolvido originalmente para a reposição dos níveis normais de testosterona em homens com quadro clínico de deficiência do hormônio. Paralelamente, o Durateston tem sido utilizado (de maneira clandestina) há vários anos como um esteroide anabolizante, para promover ganhos de força e um rápido aumento de massa muscular.

Para Que Serve o Durateston?

Ao elevar as taxas de testosterona no organismo, o Durateston serve para aumentar a força (de maneira que é possível levantar cargas cada vez maiores), acelerar a síntese de proteínas e diminuir a taxa de gordura corporal.

Resumidamente, podemos dizer que o Durateston serve para estimular a regeneração e o crescimento muscular, ao mesmo tempo em que acelera a queima dos estoques de gordura.

Composição do Durateston

Ao contrário dos demais anabolizantes, o Durateston é composto por quatro diferentes ésteres de testosterona: propionato de testosterona, fempropionato de testosterona, isocaproato de testosterona e decanoato de testosterona. Em conjunto, esses diferentes tipos de testosterona garantem uma ação imediata, constante e prolongada.

Enquanto o propionato tem ação imediata (que se inicia no mesmo dia da aplicação), o fempropionato (ou fenilpropionato) e o isocaproato demoram um pouco mais para surtir efeito, mas possuem ação mais prolongada. O casamento dos quatro tipos resulta em uma liberação de testosterona ao mesmo tempo ininterrupta e quase sem variações.

Na prática, essa propriedade retarda a necessidade de outra aplicação do medicamento, já que a testosterona ainda permanece ativa por 3-4 semanas no organismo. 

Como Funciona a ação do Durateston?

Embora o Durateston tenha a mesma função que os demais medicamentos que estimulam o crescimento muscular, sua ação é mais complexa e certamente mais profunda. Como é um hormônio lipossolúvel (ou seja, que se dissolve em gordura), a testosterona entra facilmente no organismo e consegue chegar até o citoplasma (interior) da célula. No citoplasma, ela se liga a um receptor androgênico (AR), formando um complexo testosterona-AR, que imediatamente segue até o núcleo da célula.

Chegando na parte mais importante da célula, o complexo se liga ao elemento de resposta a glicocorticoides (GRE) do DNA, levando a uma maior transcrição (DNA → mRNA) e a um aumento da tradução (mRNA-síntese de proteínas). Todo esse processo resulta na produção de mais proteínas contráteis (miosina e actina), o que proporciona o crescimento muscular.

Além dessa propriedade anabólica, o Durateston também tem atuação inversa – ou seja, protege o músculo contra o catabolismo e a ação dos hormônios glicocorticoides (como o cortisol, que leva à perda de massa muscular).

Isso significa que, além de ser anabolizante, o Durateston é também um potente anticatabólico. Essa característica leva não só a um aumento do tamanho das células musculares (hipertrofia), como também à formação de novas fibras musculares (hiperplasia).

E não acabam aí os efeitos do Durateston: o medicamento ainda tem a capacidade de estimular a produção de hemácias (células vermelhas) nos rins. Quanto maior a quantidade de hemácias na circulação, maior será a oxigenação do sangue, o que pode se traduzir em uma melhor recuperação após os treinos.

Por último, o Durateston também tem a capacidade de melhorar a contração muscular e a transmissão neuromuscular, tudo isso aliado a um aumento na síntese de glicogênio.

durateston-como-aplicar-durateston

Ciclo Durateston: Como obter o máximo de resultados

O Durateston, apelidado “carinhosamente” pelos seus usuários por Dura, é um anabolizante injetável vendido no mercado que é extremamente famoso e indicado dentre seus usuários. E sabe por quê?

Porque é conhecido por conter uma fórmula intensa com quatro diferentes tipos de compostos de testosterona e, até nos ciclos mais curtos de seu uso, os resultados são rápidos e evidentes.

O Durateston é consumido de forma injetável e vende no mercado através de ampolas, as quais devem ser diluídas em água e aplicadas. Essas aplicações são feitas em ciclos, que variam de 8 a 14 semanas dependendo dos seus objetivos e reações aos efeitos colaterais.

Pode ser combinado com outros esteroides, mas as quantidades devem ser também balanceadas a fim de não acabar com sua saúde.

Sendo assim, é uma droga conhecida e usada no mundo por muitos atletas, bodybuilders, amadores, iniciantes e experientes do esporte.

O Durateston pode ser um grande amigo quando bem usado, mas pode ser um feio e cruel vilão quando em excesso, por isso vamos falar agora sobre seus efeitos positivos e negativos no organismo.

Sobre o Ciclo Durateston

Agora que você já sabe um pouco sobre os efeitos do Durateston no corpo e realmente sentiu-se atraído, vamos falar então sobre como é feito o Ciclo Durateston.

Tal ciclo deve ser feito com doses reguladas e administradas do medicamento em determinado período de tempo.

Existem três tipos de ciclos Durateston: os de curtos, médios e longos prazos.

  • Um ciclo curto indica que é um período de uso de 8 a 10 semanas com intervalos e 3 a 4 semanas sem intervalo nenhum;
  • Já no ciclo médio, a chance de haver efeitos colaterais torna-se maior, tendo duração de 12 a 15 semanas, com intervalos essencialmente;
  • Os ciclos longos, refere-se a mais de 10 semanas sem intervalos de uso da droga.

Nos três tipos, os resultados de ganhos relatados demonstraram-se rápidos, com excelentes ganhos em ciclos menores, em tais com bem menos efeitos colaterais.

Até mesmo atletas investem em ciclos pequenos, cuidando da saúde, e cada vez menos vemos iniciantes e inexperientes realizando ciclos longos da substância, tudo em prol de sempre haver o menos possível de efeitos colaterais, sempre com a orientação médica adequada como aliado.

Exemplo de Ciclo Durateston

Não podemos receitar para você um exemplo do Ciclo Durateston para você seguir e fazer logo de cara, afinal quem vai lhe dizer o que e como fazer é seu médico ou outro tipo de orientador profissional.

O que preparamos a seguir é um exemplo de ciclo, para você entender como funciona e ter noção de como pode ser o seu. Confira abaixo uma sugestão de Ciclo curto de Durateston para aumento de massa magra:

  • Duração do Ciclo: 6 semanas
  • Quantidade de Durateston: 500 mg por semana
  • Total: 12 AMPOLAS DE 250 MG

EXEMPLO:

1 º semana de aplicações: segunda 1 ampola de 250 mg de dura e outra ampola de 250 mg na quinta feira!

2 º semana de aplicações: segunda 1 ampola de 250 mg de dura e outra ampola de 250 mg na quinta feira!

3 º semana de aplicações: segunda 1 ampola de 250 mg de dura e outra ampola de 250 mg na quinta feira!

4 º semana de aplicações: segunda 1 ampola de 250 mg de dura e outra ampola de 250 mg na quinta feira!

5 º semana de aplicações: segunda 1 ampola de 250 mg de dura e outra ampola de 250 mg na quinta feira!

6 º semana de aplicações: segunda 1 ampola de 250 mg de dura e outra ampola de 250 mg na quinta feira!

OBS: Dizem que a durateston só começa a fazer efeito no corpo depois da 4ª semana, sendo assim, muitos recomendam aumentar o ciclo para 8 a 10 semanas. Não faça uso por conta própria, procure um médico!

Ciclo Durateston combinado com Stanozolol

Algo que não comentamos ainda com você é: o Durateston é um excelente agente quando combinado com alguns outros esteroides, como por exemplo o Stanozolol.

Tais combinações, como essa, devem monitoradas por um profissional da saúde com você, repetiremos isso quantas vezes for necessário!

Sendo assim, vamos a seguir lhe dar apenas um exemplo de como pode ser os ciclos de Durateston quando combinado com este outro excelente esteroide que é o Stanozolol, o qual também possui efeitos colaterais e deve ser ministrado da forma mais correta e controlada possível. Confira:

1º Ciclo: Curto

1 – 8 Semanas – Durateston 500mg (2 ampolas por semana)
3 – 8 Semanas – Stanozolol 100mg Dia Sim Dia Não (mesmo em finais de semana)

Total de produtos= 16 ampolas de Durateston + 42mls de Stanozolol de 50mg/ml

2º Ciclo: Médio

1 – 8 Semanas – Durateston 500mg (2 ampolas por semana)
5 – 10 Semanas – Stanozolol 100mg Dia Sim Dia Não (mesmo em finais de semana)
Obs.: Nesse ciclo, o Stanozolol também pode ser aplicado 50mg todo dia.

Total de produtos= 16 ampolas de Durateston + 42mls de Stanozolol de 50mg/ml

3º Ciclo = Médio 2

1 – 10 Semanas – Durateston 500mg (2 ampolas por semana)
5 – 12 Semanas – Stanozolol 100mg Dia Sim Dia Não (mesmo em finais de semana)
Obs.: Nesse ciclo, o Stanozolol também pode ser aplicado 50mg todo dia.

Total de produtos= 20 ampolas de Durateston + 56mls de Stanozolol de 50mg/ml

Terapia pós-Ciclo Durateston

Após todo ciclo com um esteroide que provoca alterações hormonais, como o Durateston, por exemplo, é exigido que você realize um TPC, ou simplesmente, Terapia pós-ciclo, a qual serve para regular novamente seu eixo hormonal, e é claro sem oferecer percas a todos os seus ganhos depois de tanto esforço.

Toda TPC deve-se iniciar após o término dos ciclos realizados, e no caso do ciclo Durateston, inicia-se 21 dias após a última aplicação do medicamento. A seguir, um exemplo de TPC de Durateston:

Duração da TPC: 28 dias

1º – 14º dia 100 mg de (CLOMID) ou (INDUX) + 40 mg de (tamoxifeno)

15º – 28º dia 50 mg de (CLOMID) ou (INDUX) + 20 mg de (tamoxifeno)

Clomid: Tende a estimular a produção natural de testosterona no organismo masculino.

Tamoxifeno: Diminui a atividade estrógena do produto, reduzindo efeitos como ginecomastia, retenção hídrica, entre outros.

durateston antes e depois

Como obter o máximo de resultados com o Ciclo Durateston

É importante ressaltar o acompanhamento médico, como o de um clínico-geral, novamente. Só ele saberá lhe informar o tipo de ciclo adequado à sua saúde, indicar os medicamentos para terapia após o ciclo, dentre outras informações.

Além desse reforço médico, você vai precisar de um excelente profissional da educação física na sua cola, para sempre aperfeiçoar seus exercícios de musculação e evidenciar da melhor forma seus ganhos, sem contar que vai precisar de uma dieta hipercalórica para ter ganhos excelentes, e para isso conte com visitas regulares à sua nutricionista.

Só assim, como muita força de vontade e disciplina, sem nunca esquecer da saúde, você obterá o máximo de resultados com o Durateston. Bons treinos, boa sorte!