Bulking e cutting – o que é, e qual devo fazer primeiro?

Para quem é praticante de musculação ter um objetivo para treinar é sem duvidas o ideal, mesmo que a maioria não entenda do assunto existem apenas dois caminhos a serem tomados que é fazer um bulking e cutting.

Neste artigo vamos explicar de forma detalhada o que significa e como fazer um bulking ou cutting.

O que é bulking e cutting ?

Bulking e cutting são termos usados para o ganho de massa e queima de gordura.

Bulk significa volume, e cut significa corte, estes termos são gírias iguais a “fazer um off” e “ficar talhado, trincado ou seco” no Brasil.

Independente da do nome usado, o importante é que os praticantes de musculação entendam qual o significado e o que é bulking ou cutting

Bulking ou fase de ganhar massa muscular.

Nesse período todos os esforços serão focados em gerar o máximo de hipertrofia muscular e força, através de dietas com consumo elevado de calorias, outros nutrientes e muito treino.

Cutting ou fase de queimar gordura corporal.
É o período em manter massa muscular e queimar o máximo de gordura corporal, com treino pesado e dietas com consumo reduzido de calorias.

Qual fazer primeiro Bulking ou cutting:?

Muitas pessoas ficam em duvida sobre por qual começar, vai depender de se estado físico se vai suportar fazer bulking ou cutting, errar nesse inicio é fata.

Talvez você não seja tão gordo mais tenha alguma gordura para perder, mas também é fraco e precisa ganhar massa muscular.

Seria melhor então focar em ganhar massa muscular e só depois com a queima de gordura ?

Ou é melhor fazer o cutting primeiro e depois crescer com qualidade no bulking ?

Porque não realizar ambos e queimar gordura enquanto ganhar massa muscular ?

Bulking e cutting – o que é, qual devo fazer primeiro

É decisão difícil e natural ficar com dúvidas sobre como fazer o bulking e cutting.

Se você tem gordura corporal acumulada, a sua prioridade dos treino e dieta  deve ser fazer o cutting e deixar o bulking  de lado por algum tempo.

Se você já for magro de verdade, você pode começar com um bulking. Não vale para o falso magro que tem poxete ou barriga de cerveja.

Quanto a fazer os dois ao mesmo tempo é querer emagrecer e ganhar massa ao mesmo tempo, em efeito curto no corpo, você deve focar e aprofundar em uma única ação para que de resultados.

Como saber se deve fazer um cutting

Se você tem muito gordura corporal acumulada e no espelho não possui definição e muita flacidez, o ideal é realizar a dieta de cutting antes do bulking.

Segue o mestre Arnold que dizia: “se balança, é porque é gordura).

Não existe regras de percentual de gordura, mais se formos imaginar uma as coisas ficariam assim:

Você deve fazer um cutting se:

  • Para homem com mais de 15% de gordura corporal;
  • Para mulher com mais de 25% de gordura corporal.

E muito atenção com medições incorretas.

A maioria dos métodos para medir o percentual de gordura não é eficaz e não monstra quanto de gordura você tem de verdade.

Muitas pessoas acreditam estar com 6%, enquanto estão com 16% é uma diferença grande.

Apenas para fazer uma comparação de exemplo, o fisiculturista Felipe Franco tem um dos melhores condicionamentos físico do Brasil e mesmo sim compete com aproximadamente 6% de gordura.

Caia na real se você está longe de se parece com uma pessoa definida, então faça um cutting.

Todos querem ganhar muita massa e ficar grandã, mais existe um bom motivo para que você faça o cutting.

Após o cutting você vai ganhar massa muscular rápido quando começa o bulking.

Entenda o porque.

Quanto menos  gordura, melhor é o aproveitamento de nutrientes pelo organismo, acelerando o metabolismo e gerando mais massa.

Mais nutrientes serão usados no corpo, e menos nutrientes serão utilizados nas reservas de gordura.

Isto ocorre por causa da sensibilidade a insulina.

Entenda.

A insulina é um dos principais hormônios transportador de nutrientes para as células do nosso corpo.

Quanto maior for a sensibilidade a insulina, mais nutrientes serão usados para o funcionamento do corpo e músculos.

E quanto menor for essa sensibilidade a insulina, mais nutrientes serão reservados na forma de gordura corporal, e não serão totalmente aproveitados no músculos pelo organismo.

Ou seja, quanto mais gordura, pior a sensibilidade a insulina e fica bem maior a dificuldade para ganhar massa muscular , e quando isso acontece fica mais fácil de ganhar gordura corporal.